GANDALF

È impressionante a quantidade de música boa que se fez no final da década de sessenta.
De 1967, o único álbum dos Gandalf, editado pela Capitol, é daquelas raridades que fazem as delicias dos coleccionadores.
Não confundir com a banda de heavy metal com o mesmo nome, este álbum, lindíssimo, está repleto de sons vindos de um órgão Hammond, vibrafone, sitar eléctrica e recheado de paisagens ondulantes, visões psicadélicas, milhares de cores e boas vibrações.

Sem comentários: