N'GOLA - PARTE 2 - O QUE É A N´GOLA?

Em finais da década de Sessenta, e ainda sob controle colonial, foram criados os Estúdios Valentim de Carvalho, em Luanda, que apenas cessam a sua actividade em 1975. Foram considerados um dos mais avançados estúdios de gravação da altura, apenas rivalizando com alguns estúdios europeus. Criou-se a editora N’Gola e registarem excelentes momentos musicais, com diversos estilos e músicos. Muito desse som esta registado nas colectâneas "Os Reis do Semba" e "Angola - As 100 grandes músicas dos anos 60 e 70”, ambas da Som Livre. Aqui proponho trazer algumas gravações da N´gola que apenas estão disponíveis em 7"" perdidos por esse mundo fora. Espero que gostem.

3 comentários:

Nguxi disse...

Possuo 3 EP's dos N'gola Ritmos aquando da vinda do grupo a Portugal, já sem o "Liceu" Vieira Dias (por se encontrar preso), o resto das gravações foram feitas em Luanda, e apenas há algumas bobines nunca foram editados em disco.

Zogt Marco disse...

Presumo que existam diversas bobines, com material inédito, que estejam "perdidos" pelos arquivos da Valentim de Carvalho. Por isso, há poucos dias, comentei que seria benéfico saber qual o verdadeiro acervo discográfico dessa editora. A titulo de curiosidade, o facto de existirem bobines com material inédito e guardado há décadas, recorda-me o lançamento, em 2009, pela “Drag City Records”, de um álbum, “For the whole world to see…”, gravado em 1974, pelos “Death”. Esse álbum -para mim, que gosto do som de Detroit daquela altura, quer seja dos “Stooges”, “MC5”, ou mesmo da “Motown”- foi uma excelente surpresa e que colocou a pensar quantos álbuns brilhantes não estarão perdidos por esse mundo fora. Em breve vou colocar alguns comentários com músicas da N´Gola que não fazem parte das colectâneas editadas pela Som Livre.

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=JVG9upl23kM