FELL IN LOVE WITH A BAND: THE STORY OF THE WHITE STRIPES


Comecei a ler a biografia dos "White Stripes", escrita por Chris Handyside, Jornalista do "The Metro Time", revista de música alternativa de Detroit, e colaborador da "Spin", "Mojo" entre outras. "Fell in Love with a Band: The Story of The White Stripes", é uma "tentativa" de explicação de como numa era onde reina a complexidade técnica do estúdio, uma banda "lo-fi" com base no "Blues" e no som de "Detroit" -"Stooges", "MC5", "Detroit Cobras", "Rocket 455" ou "Death"- consegue furar o mainstream e ser um êxito comercial. Recomendo.

Sem comentários: