BLUE CHEER - SUN CYCLE

Ontem, sai de casa, por volta das 08h30, e fui correr até Estarreja. Estava frio, chovia e um bocado de nevoeiro pairava sob as árvores da estrada que liga a minha casa a Pardilho. Já havia algum movimento. Vacas e Cavalos a pastar, cães que ladravam, a medida que passava, e pessoas a limpar o mato. Uma calma tremenda. Quando passava por alguém logo recebia o seu cumprimento e respondia, igualmente, com um “Bom Dia” ou mesmo com um “Olá”. A minha passada era constante, estava bem-disposto e corria ao meu ritmo, sem qualquer esforço, e a aproveitar a paisagem. Vi um sem número de casas senhoriais em Avanca, de certeza de antigas famílias de lavradores, locais de pasto e currais. Desde miúdo que andei pelo meio de currais, entre Vacas, Porcos e Ovelhas. Venho de uma família de talhantes, comerciantes de gado e afins. Por momentos senti saudades desse tempo. Voltei a sentir o cheiro das peles de Ovelhas que o meu avo Avelino estendia na parte de trás de sua casa e das idas ao galinheiro com a minha avo Emília para atirar milho e dar alface a um cágado que lá vivia. Entre as passadas vi um sem número de estabelecimentos industriais, abandonados, mas com muita história. Devem ter estado activos na década de setenta e oitenta e agora estão completamente abandonados. Janelas partidas, portas violadas e azulejos caídos. Devem ter sido vigorosos e com muita vida há muitos anos atrás. Agora, tudo é diferente. Na comuinicação social as noticias sobre o desemprego são alarmantes. Milhares de pessoas sem futuro desistem de procurar emprego. Tenho amigos e familiares que estão em condições complicadas. Alguns, só agora, recebem o mês de Outubro, outros estão a receber o salário de Novembro em prestações. Alguns bem querem sair para o estrangeiro mas todos se questionam,“Para que?” “A crise é geral!”. Entretanto, sinto uma leve picada numa das pernas e volto a concentrar na corrida. Passo pela casa de Egas Moniz e digo a mim mesmo que tenho de visitar este museu. É digno de ser visto. A própria história do Egas Moniz devia ser mais conhecida. Ele não é apenas o prémio Nobel. Era alguém socialmente activo, escritor, intelectual e benemérito. Normalmente quando corro sozinho, escolho um Álbum, um Interprete ou um género. Desta vez o meu “Mp4” debitava, aleatoriamente, de entre as suas 350 músicas, MC5, Chico Science & Nação Zumbi, Asta Kask, Mutantes, Blue Cheer, Jimi Hendrix, Earth, Jesto Funk, Jamiroquai, Aretha Franklin, Love, entre muitos outros. Quando retornava a casa o nevoeiro desapareceu, os pássaros voavam e o Sol brilhava. No meu “Mp4” ouvia-se "Like the birds of high, Wings in the Sun,What a blessed sight". “Sun Cycle” do álbum de 1968, “Outsideinside”, dos Blue Cheer. Espero que goste.

Sem comentários: