CHUNKLET - A BIBLIA DO ROCK - A SABEDORIA DO MATERIAL

Ter um autocolante da banda no bombo apenas diz a audiência que tu sobrevalorizas a tua banda e subavalias as tuas possibilidades de ser substituído.
Nunca ponhas o “website” da tua banda no bombo.
Salvo alguma emergência em tournée o teu combo de bateria tem de condizer.
Se sabes programar uma caixa de ritmos, não és baterista. És um trengo dos computadores.
O teu combo não pode ter uma peça de equipamento que não seja utilizada há mais de um ano.
Já chega de baterias transparentes.
Nunca tenhas mais “tom-tons” do que mãos. A não ser que estejas inseguro quanto ao facto de teres um pénis pequeno.
Nunca toques num combo completo de bateria intitulando-te como percussionista.
Nada de bancos de bateria com encosto.
Nada de baquetas de plástico ou grafite.
Nunca tenhas mais peças de equipamento no teu combo do que dentes.
Nada de colares com a chave para a bateria. Especialmente em forma de cruz ou de um “z”. Se não aguentas com a chave então é altura de encontrares um novo passatempo.
Nunca coloques o timbalão do chão no lugar do morto quando conduzes. Esse lugar está guardado para o bombo.
So podes ter um pedal duplo se tiveres dois bombos. Nada de pedais duplos num único bombo.
Percussão latina só deve ser tocada por pessoas fluentes em latim.

Sem comentários: