MOTORNOISE

Já anda por ai o novo álbum dos Motornoise. Pesadão e "...cada vez mais sujo e agressivo". Desde 2002, que Frágil (voz), Guerra (guitarra), Gustavo (bateria), Mula (baixo) e Pupa (saxofone),  um  quinteto punk ultra poderoso, põem em movimento uma engrenagem de som que muitas vezes resvala para os campos proibidos do experimentalismo do John Zorn ou para a muralha de percussão dos Aufgehoben. Seria fácil dizer que o som dos Motornoise advém da experiência no movimento underground do Norte. São mais de duas décadas para alguns dos envolvidos. So que a música do Motornoise não é feita de respeito. È feita de uma atitude de desprendimento e de total crença no que produzem. Por essa razão o som dos Motornoise é sincero. Vem do ventre e arranha na garganta. Enquanto o novo álbum não esta disponível fica aqui uma das minhas músicas favoritas do álbum de estreia. Espero que gostem.

Sem comentários: