CRAMPS



A Ponte de Arrábida é atravessada num pedaço, generoso, de chapa, vidro e plástico. Reina a humidade, o bolor e o frio. Zombies diurnos anseiam por um pedaço apetitoso de cérebro enquanto, estarrecidos, olham para idênticos prisioneiros em caixões de metal alimentados a sangue negro (i). O que nos ajuda a passar o tempo? Ladies and Gentlemen... Live from the Peppermint Lounge... The Cramps...  (i) Autocarro 902, da STCP, que vai de Vila Nova de Gaia ao Campo Alegre, em hora de ponta - 08.15.

Sem comentários: