SIGUE SIGUE SPUTNIK


Estamos perplexos com a frase do Presidente Obama no Estado da Nação “…este é o momento Sputnik da nossa geração…”. Por três ordens de razão: (i) finalmente um governante norte americano afirma “..,. é preciso fazer mais…”; (ii) nas áreas das novas tecnologias e das energias limpas e (iii) porque, ao contrário do que os “meios de comunicação liberal” (esses mauzões que distorcem tudo) querem nos fazer pensar, ele não se refere ao esforço que os americanos fizeram na corrida espacial em final da década de cinquenta mas revela algo de mais profundo… O fascínio secreto do presidente pelos Sigue Sigue Sputnik… Públicas virtudes, vícios privados… Edwin Edwards, um politico que não gostaria de citar, terá dito um dia que “The only way I can lose this election is if I'm caught in bed with either a dead girl or a live boy”... Ao qual acrescento: recordar os Sigue Sigue Sputnik num discurso do Estado da Nação.

Sem comentários: