CAPITÃO AMÉRICA

Capitão América esta em primeiro lugar na minha lista de super herois. Guardo religiosamente os quadradinhos (ainda em brasileiro e da decada de oitenta) deste vingador.
Lembro os desenhos animados, dos anos sessenta, que passavam na RTP.
Gostava da noção de honra, verdade e sacrifício que colocava na sua conduta. Mais do que um super soldado, Steve Rogers, era um homem comum. Neste Verão vai estrear mais um  filme sobre ele. 

De escudo em punho vai libertar o mundo da tirania Nazi personificada pelo vil Caveira Vermelha. 
Bem haja Capitão pelas horas de companhia que deste quando era miúdo, em lanches regados a gasosa, e laranjina C, com muitos amendoins e bolinhos de marmelada à mistura. 
Agora é altura de cantar "When Captain America throws his mighty shield, All those who chose to oppose his shield must yield. If he’s led to a fight and a duel is due, Then the red and white and the blue’ll come through, When Captain America throws his mighty shield." 

Sem comentários: