RATOS DE PORÃO - POLUIÇÃO ATÓMICA

Acabei de ouvir na TSF que o governo Japones alertou a  população, que resida num raio de 40 km do epicentro do acidente nuclear, para ficarem fechados em casa e "...calafetarem portas e janelas...". Estes conselhos têm diversos objectivos, acalmar as populações, impedir a fuga em massa ou a corrida desenfreada a mantimentos e combustíveis. De imediato surgiu na minha cabeça aqueles anúncios "inocentes" dos anos 50 que pediam para, no caso de um acidente nuclear, as pessoas ficarem viradas para o chão e de costas para as janelas. Depois deste pequeno filme, só havia um sitio para onde virar... O primeiro álbum dos Ratos do Porão, de 1984, "Crucificados pelo Sistema". Um clássico de sempre, com mais de 25 anos de idade, Poluição Atómica.  Embora tenha sido escrita com preocupações de poluição ambiental, relativas a zona industrial e ao centro de S. Paulo, é facilmente adaptavel a situação que os nipónicos vivem neste momento: "Sujeira no ar; Não consigo mais respirar; Falta oxigénio; Falta ar puro pra se poder respirar; Não há solução, Não há solução, pra essa poluição atómica!; O homem polui o ar; Porque ele não consegue pensar; O ser humano quer se auto destruir; Não há solução, Não há solução, pra essa poluição atómica!".

Sem comentários: