Os Dias de Raiva - Essa Coisa Tão Tua.



Quando Parece que Vai Chover nada melhor que pegar nos Dias de Raiva. Este disco, de 2011, traz-nos para Essa Coisa que nos leva a querer partir tudo à nossa volta e ouvi-la em Loop até decorar a letra:
Segundo e terceiro poema para o anjo que quando tropeçou descobriu ter sexo;
Essa  coisa tão tua de aparecer do nada sem quase nunca te fazeres anunciar;
Numa atitude de falta modéstia que só engana quem não te conhece;
Esse vestido tão apertado deixa ver o peito que fala uma língua própria;
Uma língua distinta do resto do corpo, do resto do mundo, de tal maneira que toda a gente fica sem palavra.
Sem resposta, sem ação, sem algo que sirva de moeda de troca;
Essa coisa de seres perfeita, sem para isso fazeres um esforço aparente; 
Essa tua influência de simplesmente ser brilhante, chateia-me a brava;
Desliza vertical no meio do horizontal que é tudo o resto que para alem de ti nada é ou poderá vir a ser
Quero morder a tua face;
Quer trincar a tua coxa;
Quero foder-te; 
Com a ternura que só existe com a força bruta;
A ser a minha puta !

Sem comentários: